Mais de 666 mil famílias vão pagar menos no CH
banner AEG728x90
Versão para impressão
PDF

Mais de 666 mil famílias vão pagar menos no CH

on .

diggdiggfacebookfacebooktwittertwitter

menos-vredito

Mais de 666 mil famílias vão pagar menos no crédito à habitação

A Euribor a três meses serve de indexante para quase metade (42,9%) dos créditos à habitação concedidos em Portugal e agora está em terreno negativo.

De acordo com o Jornal de Negócios, os economistas acreditam que a média mensal em maio também será negativa o que significa que, a partir de julho, depois da revisão aos empréstimos à habitação, as famílias portuguesas já vão beneficiar da descida da taxa indexante aos créditos.

E segundo o Negócios serão mais de 666 mil os créditos que serão afetados, positivamente, pelo recuo da Euribor, ou seja, serão mais de milhão de famílias que vão ver as prestações pagas aos bancos descerem já a partir de julho.

Recorde-se que no início do mês o Banco de Portugal sublinhou que os bancos estão obrigados a refletir o recuo das taxas Euribor nas prestações que as famílias portuguesas pagam mensalmente pelos créditos à habitação.

Atualmente, a Euribor a três meses fixa-se nos -0,001%, mas os economistas acreditam que continuará a descer e que o nível negativo manter-se-á “nos próximos 12 meses”, explicou ao Negócios Rui Bernardes Serra, economista-chefe do Montepio.

Em declarações à mesma publicação, o economista da IMF, Filipe Garcia, afirmou que “para já o que se espera é a queda lenta, mas quase contínua e medida em décimas do ponto base das Euribor”.

“Em princípio a média mensal da Euribor a três meses ficará negativa em maio”, acrescentou.

 

Fonte: Noticias ao Minuto